Para muitos de nós, agosto é o mês de férias! É onde relaxamos mais um pouco na alimentação, onde os treinos são substituídos por períodos de tempo estendidos ao sol à beira de uma piscina ou na praia. Se bem que o corpo necessite desse descanso, esse relaxamento leva a consequências indesejáveis a nível do peso e da composição nutricional.

Geralmente, após 1 a 2 semanas de férias, verificamos que tivemos um aumento de peso, sendo comum afirmar que “engordamos” um certo número de kg. Esse aumento está tão generalizado na nossa cabeça, que inclusive ficamos contentes quando o número fica ligeiramente aquém de anos anteriores.

Obviamente que como atletas sabemos que o aumento de peso acarreta diminuição de performance a nível dos resultados na corrida, e que esse facto se pode inclusive prever com a recurso a algumas calculadoras online *.

Importa desde já desmistificar essa ideia de que o peso ganho nas férias se reporta na sua totalidade a um aumento de gordura. De facto, o que acontece para levar a esse aumento de peso é que as diferenças na alimentação, com uma maior ingestão de alimentos mais salgados, com mais gordura e com mais açúcar, assim como um eventual maior consumo de álcool, corresponde também um maior potencial inflamatório do organismo, com uma maior acumulação de água nos tecidos. Associado a isso, a ingestão de maior volume de alimentos do que o normal também conduz a maiores dificuldades de digestão, o que por si só vai implicar um aumento dos resíduos fecais e, dessa forma, também um aumento do peso. Claro que devido à maior ingestão calórica neste período poderá haver um aumento da gordura, mas, por norma, esse aumento não tem a dimensão que por vezes imaginamos.

Com efeito, essas mudanças não são permanentes. Após esse período, se voltarmos à nossa rotina normal, e pensando que esta rotina está bem ajustada aos nossos objetivos, tudo regressará à norma. Por essa razão, de uma forma geral, o meu conselho é que devemos aceitar que as férias são diferentes do resto do ano e que não nos devemos definir pelo que fazemos nesse período.

Assim, logo no primeiro após as férias, devemos retomar os hábitos mais saudáveis e controlados, aferindo novamente e com cuidado se estamos a cumprir com o que deveríamos fazer. Também nos primeiros dias é uma boa ideia aumentar a ingestão de líquidos por forma a ajudar os rins e o fígado a fazer o que é a sua função, nomeadamente “desintoxicar” o organismo. Reduzir a ingestão de sal, de gordura (adicionada e a dos alimentos), aumentar o consumo de legumes cozinhados assim como iniciar a ingestão da sopa o mais cedo possível, também irá ajudar a recuperar mais depressa das férias.

Mas, independentemente do caráter não permanente destas consequências, vejo muitas vezes o recurso a “dietas” para recuperar o peso ganho que podem colocar em causa o maior objetivo do pós-férias: regressar rapidamente aos hábitos regulares da alimentação e do treino. Normalmente essas “dietas” ainda alteram mais os hábitos que tínhamos do que propriamente as férias. E poderão revelar-se mais nefastas do que benéficas. Sabendo que em setembro existem muitas provas que são um objetivo concreto de muitos corredores, existe a pressa em ver um peso na balança que possibilite um melhor tempo. Mas, mesmo nestes casos, não será a melhor estratégia reduzir demasiado o consumo calórico porque o peso até poderá baixar, mas o “combustível” para os seus músculos também faltará.

Aconselho, portanto, que, caso tenha uma prova que seja um objetivo pessoal em setembro, o ideal é não se esquecer disso durante as férias. Mas se tal não for possível, aceite isso e perceba que é preferível fazer uma corrida bem nutrido, com energia suficiente e com 1 ou 2 kg acima do peso ideal, do que fazer uma corrida com falta de nutrientes e, por arrasto, com falta de energia, ainda que com o peso ideal. Siga as orientações acima, com rigor, para o pós-férias e verá, por vezes até de forma surpreendente, que quando chegar o dia da prova o seu peso já estará no peso pretendido (ou praticamente lá)!

* https://runbundle.com/tools/weight-vs-pace-calculator

Morada:
Travessa do Retiro, 142 4620-615 Stº Estevão Lousada - Barrosas

© KREATIVE IDEAS | Siga-nos »